6 de julho de 2022
Início » Notícias » Cidadania » Michelle se filia ao PL para atrair o eleitorado feminino a Bolsonaro
(crédito: AFP / EVARISTO SA)

Michelle se filia ao PL para atrair o eleitorado feminino a Bolsonaro

Imagem da primeira-dama já tem sido utilizada por Bolsonaro e aliados desde março, quando o presidente anunciou corrida à reeleição

Em cerimônia reservada, a primeira-dama Michelle Bolsonaro se filiou nesta terça-feira (24/5) ao Partido Liberal, o mesmo do presidente Jair Bolsonaro (PL). A ideia é utilizar a imagem dela nas propagandas eleitorais ao lado do marido.

Michelle terá agendas próprias pelo Brasil ao lado da ex-ministra da Mulher e pré-candidata ao Senado Damares Alves (Republicanos). A estratégia é comunicar diretamente com o eleitorado evangélico e feminino — ponto mais sensível para o presidente. Além disso, a primeira-dama também irá abraçar a causa do empreendedorismo.

A imagem da esposa de Bolsonaro já tem sido utilizada por ele e aliados desde março, quando o presidente anunciou a sua corrida para a reeleição. Ela tem viajado com o chefe do Executivo em agendas de pré-campanha e chegou a repetir o slogan “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” em alguns discursos.

Articuladores do presidente afirmam que a imagem de Michelle é positiva para cativar o eleitorado que ainda o rejeita — especialmente as mulheres. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que elas são a maior fatia de eleitores no Brasil. As mulheres correspondem a 79,2 milhões (52%), são cerca de 8,7 milhões a mais que os eleitores do sexo masculino (70,5 milhões).

Fonte: Cristiane Noberto

Veja também

Flamengo recebe Tolima em busca de vaga para quartas da Libertadores

Rádio Nacional transmite partida a partir das 21h30 desta quarta O Flamengo recebe o Tolima …